11.4.08

10 anos de Artur

Foi num sábado há exatamente 10 anos que nasceu o Artur. Foi dolorido. Uma cesariana no pé.

Era um dia quente e eu estava prestes a assitir um filmezinho bebendo cerveja. Numa bocabertice extrema pisei no copo que estava no chão abrindo um talho feio no pé. Fui pulando pro hospital e levei 9 pontos. Na mesma noite, olhando para as ataduras do curativo, pensei em criar um personagem que estivesse sempre engessado devido suas arteirices, um arteiro. Daí o nome Artur, o arteiro veio imediatamente. Depois resolvi abandonar as ataduras e gessos para o guri ter mais liberdade.

O Artur cresceu, ganhou personalidade e amigos inseparáveis: Micuim, Bolacha e Capincho, inspirados em amigos e conhecidos da minha infância. Aliás, coloco muito da minha infância nas historinhas: brincadeiras, filmes, gírias...uma década interia. Artur é o típico guri dos anos 80 que jogava atari, brincava com o playmobil e o falcon, assistia Caverna do Dragão, bebia Baré Cola e queria viajar no tempo como o Marty McFly ou ser um jedi.

A primeira tirinha do arteiro foi publicada no zine Bodoqe em março de 2000. De lá pra cá fui desenhando, rabiscando, criando, experimentando, mas foi só em 2006 que publiquei o primeiro livro de tiras do Artur pela Editora Razão, o Direto pro SOE. No ano seguinte veio Piolhos Invaders e daqui a pouco já estaremos na tirinha número 100. Tenho certeza que posso criar mais 1000, 10000 historinhas, só aviso uma coisa: o Artur já tem vida própria, portanto, não me responsabilizo pelos seus atos.

Marcadores:

3 Comentários:

Às 1:21 AM, Anonymous Fraga disse...

Pro criador bato palminhas/
nesta data lida e relida/
pra criatura novas tirinhas/
A ambos muitos livros de vida!

 
Às 6:27 PM, Blogger Têmis Nicolaidis disse...

Vida longa ao arteiro!!! Merece Rafa!

 
Às 8:34 PM, Blogger RIC@RDO disse...

Aeee
Parabéns para o pai e para o filho por esta data!
Que muitas e muitas tirinhas venham pela frente, e muitos livros também!
Esse guri nasceu destinado ao sucesso!
Abraço

 

Postar um comentário

<< Home